Toprak apontado ao título SBK e à MotoGP ?

Depois de um arranque ‘comme ci, comme ça’ em Aragão, Toprak recuperou pontos para o líder Jonathan Rea, no Estoril e em Misano. Não é, pois, à toa, que o seis vezes campeão mundial de Superbike se refere ao turco como o verdadeiro rival, em vez de Scott Redding que a imprensa tenta impôr como o alvo a abater.

Razgatlioglu dá-se bem com os ares de Donington e a sua Yamaha está cada vez mais adaptada ao estilo de pilotagem particular do ‘sultão otomano’, pelo que se espera com ansiedade o esperado duelo com o norte irlandês da Kawasaki. E com Vinãles a sair da Yamaha no final do ano, poderá a Yamaha chamá-lo para a MotoGP se se sagrar campeão mundial, em vez de Garrett Gerloff?

  • Texto: Fernando Pedrinho
  • Fotos: WorldSBK, Yamaha Racing, Graeme Brown / GeeBee Images

Quando no final da prova do Estoril cumprimentava Phill Marron, o diretor técnico da moto de Toprak no seio da oficial Pata Yamaha with Brixx WorldSBK, perguntei-lhe se o eventual calor tórrido de Misano seria mau para a YZF R1. Pelo contrário, contestou o irlandês, estamos cada vez mais adaptados a ambientes quentes. A premonição estorilista cumpriu-se, com o natural de Alanya a impôr-se ao velocíssimo Michael Ruben Rinaldi na derradeira corrida de Domingo, com o asfalto da pista da Riviera Adriática a atingir o 55ºC.

Já no Sábado se havia visto que ‘STOPrak’ queria levar a melhor, mas o pneu traseiro derrapava em demasia, confidenciou-nos, o que é estranho porque na sexta-feira funcionou de uma forma completamente diferente e tudo indicava que hoje seria a opção para andar rápido. Ainda assim, deu para colecionar dois segundos no Sábado, atrás da Ducati de Rinaldi, mas sobretudo na frente de Jonathan Rea. É a primeira vez que estou em segundo do campeonato o que é bom, mas necessito de uma vitória: ultimamente tem sido segundo, terceiro, segundo… Lutámos até ao fim, dei o meu melhor, não caí e conseguimos uma boa maquia de pontos para o campeonato.

Toprak Razgatlioglu aqui numa fase da corrida em luta direta com Scott Redding

Toprak reconheceu ter perdido algum tempo na luta com Scott Redding, deixando fugir Rinaldi e Rea na frente. Mas o piloto da Kawasaki estava claramente no limite para seguir o rapidíssimo italiano e foi salvo pelo ‘joelho de Deus’ de uma queda bíblica depois da primeira curva, o que permitiu ao homem da moto azul alcançar o segundo posto.

E a tão desejada vitória acabou mesmo por chegar no Domingo, quando todos esperavam mais um sprint de Michael Ruben. Só que um asfalto muito mais quente acabou por provar que o trabalho feito pelos homens da Pata Yamaha with Brixx nestas condições pagou dividendos. Eu limito-me a pilotar a moto, dizia humildemente o turco no final, a minha equipa tem trabalhado muito bem. No ‘warm-up’ ainda tentámos uma afinação diferente, mas não gostei. Optámos por algumas soluções que havíamos escolhido para a ‘Superpole Race’ e a moto melhorou muito, sobretudo na travagem.

Será esta a ordem de chegada das corridas de Donington?

Em Misano Toprak recuperou uma desvantagem de 15 pontos para o líder do campeonato, colocando a diferença em 20 pontos, o que o torna no verdadeiro alvo a abater na mira do campeão mundial. Eu não olho para a classificação do campeonato, pois se o faço fico logo ‘stressado’. É melhor não o fazer e tentar ganhar cada corrida que tenha pela frente. O meu objetivo, nesta altura, é o título mundial, mas a minha concentração está em Donington onde sou normalmente forte mas nunca lá corri com a YZF R1.

E Jonathan Rea dizia no Sábado que todos se referem a Scott Redding como o designado opositor para a conquista do título, mas para ele Toprak e a Yamaha são a verdadeira ameaça. Eu vi o Jonny a andar no limite em todas as voltas e tive de fazer o mesmo. A frente escorregou-me umas dez vezes na corrida mas não tirei gás porque precisava muito de vencer. Pode não ter sido o melhor fim-de-semana para o Jonathan mas ele é sempre muito forte e consistente. Aproximei-me dele na tabela mas ainda falta muito campeonato. Vamos ver!

Com Garrett Gerloff a revelar-se como o segundo melhor piloto da Yamaha em termos de rapidez, poderá o texano ajudar Toprak a roubar pontos aos adversários da marca e do turco no caminho para o título? Não sei. Ele é muito rápido, sobretudo nas curvas longas. Comparei a minha telemetria com a dele mas temos estilos muito diferentes. Eu sou mais de travagens fortes, tipo pára-arranca.

Toprak visitou ainda o rancho de treino de Valentino Rossi, em Tavuglia, depois dos treinos de sexta-feira. Ele é um tipo impecável, acompanhou as minhas corridas, além de que é uma lenda viva do motociclismo. Não pude pilotar porque tinha as corridas no fim-de-semana, mas diverti-me muito a assistir às derrapagens do estilo ‘dirt-bike’. Ficou o convite para voltar quando puder.

Por fim, com as mexidas na grelha da MotoGP com a saída de Maverick Viñales, que deverá pilotar uma moto italiana em 2020, seja a oficial Aprillia RS-GP ou uma Desmosedici GP22 da VR46 financiada pelos petrodólares árabes, poderá a Yamaha deslocar Franco Morbidelli para o lado de Fabio Quartararo e mover uma das suas estrelas da ‘Superbike’ para a categoria de protótipos. Não sei, estou muito bem nas ‘Superbike’ e quero ser campeão nesta categoria, ripostou o protegido de Kenan Sofuoglu – que sabemos tem andando a sondar o ‘paddock’ da MotoGP – abafando rumores que só o poderão desconcentrar do seu principal objetivo.

Por tudo isto Donington promete ser um grande fim-de-semana de corridas.

Contem comigo para as contas do título !

QJ MOTOR chega a Portugal

QJ MOTOR em Portugal. Ambição e ousadia

A mais recente marca de motociclos a chegar ao mercado nacional traz objetivos bem definidos. Filha de boas famílias, com história assente em forte linhagem no universo automóvel, a estreia da QJ MOTOR em Portugal mostra ambição e ousadia. Os sete modelos com que vai entrar no mercado nacional reforçam as expetativas de uma apresentação […]

Continuar

Ivo Lopes no Mundial de Superbike… ainda não foi desta

Gorou-se a expetativa criada em torno da possível estreia de Ivo Lopes no Mundial de Superbike. Foram várias as forças envolvidas nesse sentido, mas o esforço não deu os frutos esperados e teremos de esperar novamente para ver o piloto da Amadora a alinhar na série mais importante destinada às motos de produção. Texto: Fernando […]

Continuar

Toprak Airlines. Como voar 21 metros com uma Superbike!

Inegavelmente, Toprak Razgatlioglu é um reconhecido funâmbulo, filho de acrobata em duas rodas e também ele um reconhecido ‘stunt rider’. Ficou famoso no ‘paddock’ das Superbike pelas longas “éguas”, mas também pelas mais incríveis situações em que consegue controlar o equilíbrio como poucos. Texto: Fernando Pedrinho Fotos: WorldSBK e Fernando Pedrinho O turco já havia […]

Continuar