SHAD-MULTIMOTO. Ligação forte como a soldura dos suportes

  • Texto: Paulo Ribeiro

Com mais de 15 anos de ligação à SHAD, a Multimoto é um dos importadores mais antigos da empresa catalã que MotoX.pt teve oportunidade de visitar recentemente. Empresas que partilham a mesma filosofia, com elevadas taxas anuais de crescimento e expansão. Espírito de melhoria contínua que reforçou a relação do fabricante espanhol com o maior distribuidor nacional de acessórios, apresentando oferta para todas as marcas de motos e que se assume como um dos principais ‘players’ do mercado português.

Objetivos comuns que vêm permitindo, ao longo do tempo, vários acordos e ações comerciais vantajosas para ambas as partes. Uma política ‘win-win’ em termos económico-financeiros, mas que, garante Adriano Duarte, “vai muito para lá de uma simples relação entre fabricante e distribuidor”. Existe mesmo, sublinha o presidente do Conselho de Administração da Multimoto, “uma grande amizade e enorme confiança com as pessoas da empresa e a ligação à família do fundador da SHAD”.

Relação forte, solidificada pela cola do tempo e pelo excelente entendimento com uma marca que é “extremamente importante dentro do Grupo Multimoto em termos de volume de negócio. Mas, mais do que isso, revela sempre uma possibilidade de cooperação que não encontra paralelo em muitos outros fabricantes e fornecedores. Existe uma saudável troca de conhecimento e experiência, permitindo criar rapidamente versões especiais pensadas para alguns modelos comercializados pela Multimoto, numa cooperação ímpar e cada vez mais forte”.

Multimoto é muito mais do que um simples cliente!

Uma ideia partilhada por Leandro Aguayo, o argentino que é o responsável direto pelo mercado português: “O ano de 2020, apesar de todo o contexto desfavorável criado pela pandemia, revelou resultados muito bons em conjunto com a Multimoto. Algo que vai, seguramente, continuar em 2021”.

O Sales Manager da Shad para Portugal revelou ainda que a marca está “a desenvolver projetos muito interessantes, com pacotes de equipamentos OEM e ‘aftermarket’ que ampliam o leque de opções oferecidas. Desde as motos de entradas de gama aos ATV, passando pelas scooters ou as mais recentes gamas de trail e touring, num acompanhamento importante da recuperação do sector de duas rodas, sempre lado a lado com a Multimoto”.

Cake Bukk

Cake. Uma fatia de futuro elétrico por 15 mil euros

A ideia surgiu… do nada. Ou melhor, apareceu para colmatar um hiato no capítulo da mobilidade. Sem qualquer ligação às motos, Stefan Ytterborn voltou a fazer brilhar as suas apetências e criou a Cake. O sueco, conhecido pelas ideias e produtos inovadores em termos de estratégia, design e marketing, ‘atacou’ as duas rodas com propostas […]

Continuar

Sorrir, antes que uma moto nos caia em cima!

Texto: Fernando Pedrinho Fotos: G.N.R. Desconheço o autor da foto de abertura deste artigo, cuja origem remonta a 1937 e terá sido tirada durante uma demonstração de soldados do Exército Britânico, o qual, ao contrário de outras forças armadas como a marinha ou a força aérea, nunca recebeu a designação de real (‘Royal’). O que […]

Continuar

Salvador Dalí e o poder inspirador de uma moto

Texto: Fernando Pedrinho Fotos: Ulf Andersen A excentricidade de Salvador Dalí foi algo que acompanhou o pintor, artista plástico, escultor, cenógrafo e escritor catalão ao longo dos seus 84 anos de vida. Mas até que ponto uma moto pôde servir de inspiração para as suas criações é algo que dá que pensar, dada habitual aversão […]

Continuar