Motoboxe Porto. A prioridade ao cliente !

  • Texto e fotos: Alberto Pires

A Motoboxe, concessionário Honda para a cidade do Porto, surge com a atual gerência em 1999, centrando na época a sua atividade quase em exclusivo nas motos. A inclusão da venda de acessórios foi então iniciada graças à experiência acumulada da nova gestão nesse setor, e evoluiu acompanhando o crescimento do mercado e da marca. Passados pouco mais de vinte anos, André Silva acha que chegaram onde queriam, apesar de nunca terem traçado metas definitivas. Em 2004 abriram uma sucursal em Penafiel, numa área de influência no interior norte do país, considerada como importante para o reforço comercial.

A crise de 2008 não lhes foi muito ingrata pois a alteração da carta de moto coincidiu com o lançamento da Honda PCX, trazendo um novo tipo de cliente e um aumento do volume de vendas que, com a evolução do mercado, ainda está a dar frutos, já que através da fidelização dos clientes e da gama disponibilizada pela Honda têm conseguido aproveitar da melhor forma o momento e crescer.

Crescimento imparável

Em 2017 chegam à conclusão que tinham que evoluir, mas não podia ser de qualquer maneira pois, estando já instalados na “”Rua das Motos”, não queriam desperdiçar esse importante atributo. A oportunidade de expansão acabou por aparecer por mero acaso, ao surgir disponível poucos metros abaixo do stand existente um espaço com 1300 metros quadrados anteriormente utilizado por uma marca de automóveis. O que parecia enorme aquando da inauguração, vai fazer no dia 10 de junho dois anos, está hoje considerado, felizmente, no limite das necessidades.

Equipa especializada

Dentro de um concessionário como a Motoboxe há vários negócios distintos. O mais visível é o das motos novas, mas é o pós-venda o mais trabalhoso e o que absorve a maior parte dos recursos. Há ainda a parte de boutique e acessórios, na qual estão a apostar muito. Trabalham com as melhores marcas de acessórios e assumem que têm muitos clientes que os procuram apenas por este setor. A oficina conta com a contribuição de cinco mecânicos e há ainda uma secção dedicada aos usados, que é outro setor importante na dinâmica comercial, que obriga a direcionar recursos e especialização. A equipa tem sido ajustada em quantidade e qualidade para fazer face a esta realidade, sendo já 20 os funcionários no total.

A Motoboxe esteve sempre no topo de vendas, apostando na qualidade tanto na venda como no serviço que se lhe segue. Em números absolutos são o concessionário Honda que mais motos vende fora de Lisboa e conseguem ser o concessionário que mais motos acima de 125 vende em todo o país, o que os deixa orgulhosos. Se as 125 estão indexadas ao tecido urbano, as restantes já estão ligadas a um tipo de motociclista mais experiente.

Envolvimento com os clientes

É outra das assinaturas da Motoboxe pois desde sempre estiveram ligados aos passeios com os clientes. Nos últimos sete anos sentiram a necessidade de ajustar os seus eventos aos distintos segmentos, e conseguiram-no ao criar uma parceria com o Nuno Duarte da Glocal. Não há mês nem viagem que não exista no calendário de eventos da Motoboxe, sejam passeios tradicionais de um dia seja eventos de fim de semana, passando pelos citadinos dedicados às 125, ou aos mais exigentes dedicados ao Enduro. Para além destes há ainda as viagens pela Europa, Norte de África e Açores, por exemplo.

Há manifestamente uma vontade de estar próximo com os clientes, para que percebam e descubram o verdadeiro prazer de andar de moto. A programação é anunciada e promovida no site e através da página do facebook.

Assista à visita guiada à Motoboxe proporcionada pelo André Silva.

Rua de Camões, 675, 4000-148 Porto

Tlf: 22 550 77 45 Fax: 22 550 77 58

Tlm:919 190 966 (Apenas área comercial)

E-Mail: info@motoboxe.pt

Horário:

Segunda a Sexta das 9h00 às 12h30 e das 14h30 às 19h30.

Sábado das 9h30 às 13h00 e das 14h30 às 18h00.

Oficina e Peças

Tel: 22 550 77 39 / Telm: 91 955 75 69

Horário:
Segunda a Sexta 9h00 – 12h30 / 14h30 -19h00
Sábado das 9h30 às 13h00

E-mail: oficina@motoboxe.pt

www.motoboxe.pt

Cake Bukk

Cake. Uma fatia de futuro elétrico por 15 mil euros

A ideia surgiu… do nada. Ou melhor, apareceu para colmatar um hiato no capítulo da mobilidade. Sem qualquer ligação às motos, Stefan Ytterborn voltou a fazer brilhar as suas apetências e criou a Cake. O sueco, conhecido pelas ideias e produtos inovadores em termos de estratégia, design e marketing, ‘atacou’ as duas rodas com propostas […]

Continuar

Sorrir, antes que uma moto nos caia em cima!

Texto: Fernando Pedrinho Fotos: G.N.R. Desconheço o autor da foto de abertura deste artigo, cuja origem remonta a 1937 e terá sido tirada durante uma demonstração de soldados do Exército Britânico, o qual, ao contrário de outras forças armadas como a marinha ou a força aérea, nunca recebeu a designação de real (‘Royal’). O que […]

Continuar

Salvador Dalí e o poder inspirador de uma moto

Texto: Fernando Pedrinho Fotos: Ulf Andersen A excentricidade de Salvador Dalí foi algo que acompanhou o pintor, artista plástico, escultor, cenógrafo e escritor catalão ao longo dos seus 84 anos de vida. Mas até que ponto uma moto pôde servir de inspiração para as suas criações é algo que dá que pensar, dada habitual aversão […]

Continuar