Kove 450 Rally. O vídeo

Longamente esperada, a Kove 450 Rally aterrou finalmente nas concessões portuguesas. Grande polivalência e preço competitivo são os principais trunfos esgrimidos pela moto chinesa. Mas há outras mais-valias nesta moto de ralis, trail aventureira, endurista de longa distância. Fomos ao complexo de off-road em Les Comes, a norte de Barcelona, tentar descobrir as razões de um sucesso anunciado.

Kove 450 Rally
  • Por: Paulo Ribeiro
  • Imagens: Gerard Roca e Sergi Cros
  • Realização e montagem: Alberto Pires

A Kove 450 Rally é uma moto de aventura, uma trail ligeira e uma endurista de anca larga. É, afinal, tudo o que o utilizador quiser. Antes de mais é uma moto de rali, com especificações que a colocam num patamar à parte. Das carenagens envolventes mas esguias, do para brisas transparente a encimar um frontal de desmontagem rápida ou do painel TFT em posição elevada para boa leitura mesmo de pé. Além da grande capacidade de combustível distribuído por três depósitos ou da proteção inferior, montada de série, em carbono. Ou o filtro de ar de fácil acesso, dos poisa-pés tipo rali ou do espaço para ferramentas sob o motor.

Na verdade, todo o espírito que presidiu à conceção e desenvolvimento da Kove 450 Rally foi baseado na busca da máxima eficácia em situações extremas. O motor monocilíndrico de 449 cc, tem quatro válvulas, duas árvores de cames à cabeça e veio de equilíbrio. Bloco refrigerado por dois radiadores com ventoinhas e um radiador de óleo, e dotado de injeção eletrónica. Com potência máxima de 42 cv às 8500 rpm e binário de 35 Nm/6500 rpm pode facilmente ganhar mais força. O Kit Factory (1000 €), com linha de escape completa, filtro de ar e centralina específica, garante 54 cv às 9000 rpm e resposta mais eficaz. O melhor mesmo é ler o teste completo aqui.

Kove 450 Rally

Comments are closed.