Kawasaki Z650RS. Cores intemporais

  • Texto: Paulo Ribeiro
  • Fotos: Kawasaki/Rui Jorge

A base cromática – tal como a da própria moto aliás – foi a Kawasaki buscá-la aos anos ’70, propondo a Z650RS em três decorações baseadas no preto, verde e cinzento. Que, no catálogo, surgem como Mettalic Spark Black, Candy Emerald Green e Metallic Moondust Gray/Ebony.

Cores intemporais que reforçam a estética retro e garantem elevada dose de elegância. E ajudam a distinguir cada uma das versões de preço diferenciado. Da mais discreta pintura em negro com apontamentos de verde e branco e jantes negras à Edição Especial em cinza com toques de laranja e preto no depósito e rodas, passando pela revivalista verde com jantes douradas.

Note-se que tanto a versão em negro como a verde surgem dotadas do ‘lettering’ da marca em relevo, acessório para a Edição Especial em cinzento. A lista de opcionais conta ainda com várias proteções, do radiador ao depósito, passando pelo motor e eixo dianteiro. A que se junta a tomada USB sob o banco, tampa do reservatório de óleo e pega traseira cromada. Além de um banco 20 mm mais baixo, colocando a altura ao solo em muito acessíveis 800 mm.

Horwin CR6: desafio à liderança da mobilidade elétrica em duas rodas

Com a CR6, a Horwin lança mais uma seta apontada à liderança do segmento de motos elétricas no mercado nacional. Sob uma roupagem de ‘naked’ tradicional rematada com alguns elementos retro, o seu alvo é o utilizador mais conservador que procura identificar-se de imediato com o que uma moto convencional tem para oferecer, embora sob […]

Continuar
Cake Bukk

Cake. Uma fatia de futuro elétrico por 15 mil euros

A ideia surgiu… do nada. Ou melhor, apareceu para colmatar um hiato no capítulo da mobilidade. Sem qualquer ligação às motos, Stefan Ytterborn voltou a fazer brilhar as suas apetências e criou a Cake. O sueco, conhecido pelas ideias e produtos inovadores em termos de estratégia, design e marketing, ‘atacou’ as duas rodas com propostas […]

Continuar

Sorrir, antes que uma moto nos caia em cima!

Texto: Fernando Pedrinho Fotos: G.N.R. Desconheço o autor da foto de abertura deste artigo, cuja origem remonta a 1937 e terá sido tirada durante uma demonstração de soldados do Exército Britânico, o qual, ao contrário de outras forças armadas como a marinha ou a força aérea, nunca recebeu a designação de real (‘Royal’). O que […]

Continuar