História

Álvaro Bautista e Giulio Nava: a dupla (finalmente) campeã mundial!

Foram sete os anos necessários para Álvaro Bautista e Giulio Nava, o seu chefe de equipa, alcançarem o título mundial de Superbike, depois de uma entrada de rompante em 2019 na estreia da Ducati Panigale V4R. Namoro e separação em MotoGP, foi o Mundial de Superbike que os voltou a juntar, até hoje, num percurso […]

Continuar

Campeonato Nacional de Velocidade, abril de 1988, SBK

Texto e filme: Alberto Pires A recém formada equipa Suzuki Sagres iniciou da melhor forma o campeonato, com Manuel João a vencer a prova seguido por José Pereira, recém chegado à classe maior. Curiosamente manteve o estilo agressivo de condução que lhe era característico, deitando e forçando a frente da sua moto. Manuel João conseguiu […]

Continuar

Ringhini 50. Um minúsculo dinossauro

Tal como sucedeu com os dinossauros, as minúsculas 50cc de Grande Prémio há muito que se extinguiram. Por isso, será cada vez mais complicado vê-las evoluírem numa pista. E esta Ringhini 50 ainda menos! Pesando menos que as compras do supermercado, zumbindo em frequências que quase só os cães poderiam escutar, estas pequenas balas superavam […]

Continuar

Sammy Miller. Velhos são os trapos!

São quase 90 anos, uma idade que poucos alcançam. E os que lá chegam… sabe-se lá em que condições. Mas quando vemos um ‘bisavozinho’ como Sammy Miller, de sorriso colado a andar de moto num dos mais emblemáticos festivais de velocidade e a fazê-lo, ano após ano, a esperança e a vontade de o imitar […]

Continuar

Taça Yamaha Gauloises RD350: uma molhada de ação e talento a dois-tempos

Corria o ano de 1981 quando a Yamaha-Sonauto, com o patrocínio de uma tabaqueira alusiva aos compatriotas de Astérix, lançou uma fórmula de competição acessível e que trouxe para as pistas alguns dos melhores talentos que surgiram no país do hexágono e por toda a Europa. Texto: Fernando Pedrinho Fotos: Yamaha O importador francês da […]

Continuar

CNV 1987, 80 cc

A classe de 80 cc, em 1987, mostrava as suas limitações. Havia toda uma tradição popular que se exprimia animadamente nas “provas de feira”, e um reduzido grupo de pilotos com motos capazes de participar em pistas criadas para o efeito. Eram realidades e vivências distintas, que não conviviam saudavelmente nem se potenciavam. Sentia-se que […]

Continuar